6.2.11

Sebastião Rodrigues

Para quem não conhece, é obrigatório dar um pulo aqui.

Considerado «o Pai do design português», com uma obra extensíssima, em particular no que toca à edição, é autor de capas históricas, como as que vêem em baixo.

O que mais impressiona, além de tudo, é o quão portugueses eram os seus projectos.























Além das imagens, deixo-vos um curioso testemunho do próprio:




Jorge Silva Melo, citado por Pedro Marques, escreveu sobre a perenidade das suas criações.

Entretanto, Jorge Silva [Silva! designers] tem um blogue, que relembra o nosso design. A seguir (e a recordar), pois com certeza.

3 comentários:

Luís I. disse...

Adoro a melancia.

Miss Coisinha disse...

Que giro, tenho aquele livro de Poesia Completa do Gedeão lá em casa e sempre adorei a capa!
Agora já sei quem merece os créditos.
Jorge Silva tem um blogue, uuuhh =)

Ana
(esta coisa da Miss Coisinha é um blast from the past que eu não consigo alterar, n sei porquê..)

Pedro disse...

Os meus pais tinham (e têm) lá por casa essa "Nova Gramática do Português Contemporâneo". Era uma lombada que, em pequeno, me fazia espécie.

E a colecção Livros RTP também faz parte do meu nebuloso imaginário infantil/familiar...