16.6.11

Admirável mundo nosso

Afinal, parece que a poesia também se lê bem num ecrã. E este poema, pejado de referências, presta-se na perfeição às hiperligações e outros malabarismos. Mas, assim, será ainda o mesmo poema?

NB: Na lista do artigo, «The Waste Land» ultrapassa mesmo a aplicação Our Choice.

PS: A propósito de textos, livros, aplicações e outras complicadas definições, para que servirá isto?...

Sem comentários: